Consumo audiovisual em plataformas digitais e o impacto na produção

Hello, startup de pesquisa, entrevistou 1.400 pessoas entre os dias 03 e 08 de maio, que resultou no estudo Papo Digital, uma investigação sobre os meios de conectividade, comunicação e consumo dos brasileiros tanto on como offline.

Foram realizadas entrevistas digitais com cidadãos maiores de 16 anos, moradores de capitais, cidades médias e pequenas, de todas as escolaridades e integrantes das classes A, B e C. A margem de erro da pesquisa é de 2,6 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

O brasileiro está cada vez mais conectado à internet, 95% das pessoas conectadas à internet utilizam aplicativos, o que há dois anos beirava os 67%.

Hoje apenas 53% dos jovens entre 16 a 24 anos se consideram bem informados, e para maioria deles, 77%, as redes sociais são a principal fonte de informação. E a influência das redes, é claro, modifica a relação dos consumidores com as marcas. Hoje 49% dos internautas seguem marcas que interessa ou admira, um aumento de 81% em relação a 2016.

Principais resultados

O mundo digital inundou os meios de se ouvir música e ver filmes. Hoje em dia as pessoas vão ao cinema com a mesma frequência que assistem filmes no Netflix, por exemplo. Em compensação, o YouTube, que se trata de uma plataforma de vídeo, é o principal meio de escutar música para mais de 80% dos jovens, enquanto o rádio é opção de apenas 39% desse mesmo público.

Para mais detalhes da pesquisa, é só clicar na matéria realizada pelo Prodview aqui.

Tags:
1 Comentário
  1. SanderVideos 2 anos atrás

    Isto reitera a atitude do YouTube em lançar canal exclusivo para músicas na tentativa de reorganizar a “sada de frutas” que a plataforma se tornou.

Envie uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

VAV AudioVisual - Todos os direitos reservados.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?